Confira o resumo da 22º CBENC 2016

0
416

A 22ª edição do Congresso Brasileiro de Engenharia Civil aconteceu entre os dias 16 a 18 de novembro, na cidade de Teresina (PI) e discutiu os “Desafios e Soluções para o Desenvolvimento Sustentável”. A abertura contou com a palestra magna do professor Marcos Tozzi que abordou o tema “Estudos Hidráulicos em Modelos Reduzidos”, relatando a capacidade dos engenheiros brasileiros em encontrar soluções para os problemas que surgiram na instalação de barragens em terrenos com diversos tipos de topografias, reconhecidos internacionalmente e adotados em outros países.

Diversos assuntos foram tratados no encontro, a exemplo da Infraestrutura Rodoviária brasileira, o Estado e a engenharia no desenvolvimento da sociedade, Gestão de trânsito e mobilidade urbana, o desastre ambiental em Mariana, a situação atual do ensino da engenharia civil no país.

Com intuito de destacar a realidade local foi apresentado o Plano de Saneamento Básico de Teresina e também a abordagem da engenharia na prevenção e reparação de danos causados por incêndios ambientais, momento eu que os participantes tiveram a oportunidade de estabelecer relação com os modelos em suas cidades no país.

A Abenc-BA contou com a representação da presidente, engenheira Rute Carvalhal, e do Conselheiro da entidade, que também representou o Crea-BA, engenheiro Luis Claudio Vargas. Os profissionais participaram da reunião da Abenc Nacional, onde foram discutidos assuntos de interesse das entidades no país. Também foram apontados os diversos problemas que envolvem a necessidade de se discutir e propor um novo estatuto que contemple melhor as entidades regionais.

O encontro contou com a presença de 19 presidentes regionais e cada um foi convidado a apresentar um resumo das atividades desenvolvidas ao longo do ano. Na oportunidade, Rute Carvalhal ressaltou que, embora não tenha completado um ano à frente da entidade, já realizou alguns eventos e relatou sobre a experiência da criação do Escritório Regional da cidade de Feira de Santana e que ainda este ano já está prevista criação na cidade de Vitória da Conquista.

Por fim destacou a dificuldade das entidades participarem do processo de Chamamento Público, criado a partir da Resolução 1075/2016, e apontou a dificuldade da manutenção da entidade, na medida em que o sistema Confea/Crea desvinculou o repasse das ART’s indicadas pelos profissionais, para garantia dos custos fixos da entidade. Diante desta realidade a Abenc tem envidado grande esforço para atrair novos parceiros e que estará implantando ainda este ano o Clube Abenc de Vantagens – ABV, como forma de proporcionar aos associados vantagens na aquisição de bens e serviços como forma de garantir recursos financeiros para a entidade.

Ao final do encontro o presidente da Abenc Nacional engenheiro Francisco Ladaga declarou que o 23º Cbenc será na cidade de Porto Alegre – RS e que a entidade, junto aos parceiros locais, estará dedicada em definir a data de sua realização e o tema do encontro, criando condições para que todos possam participar.

Rute Carvalhal Borges

Presidente da Abenc-BA

COMPARTILHAR